Por que precisamos de Conferências de eTourism?

Por que precisamos de Conferências de eTourism?

Por Emanuele Mele, IFITT General Secretary
O turismo é amplamente reconhecido como um setor importante para o crescimento econômico de um país. Segundo a Organização Mundial do Turismo da ONU (http://www2.unwto.org/content/why-tourism; “Current developments and forecasts”; OMT), em 2015, as crescentes chegadas internacionais de turismo geraram US$ 1,5 trilhão em receitas de exportação, contribuindo com 7% das exportações do mundo. Favorecendo esse fenômeno, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) desempenharam um papel importante no apoio aos viajantes ao longo de sua jornada. Observando essa área, qual é o papel das conferências de eTourism (turismo eletrônico) e por que precisamos delas?

Serão indicados, aqui, três bons motivos baseados na experiência da Conferência de eTourism ENTER, evento anual organizado pela principal comunidade independente de eTourism em nível mundial: a International Federation for IT, Travel and Tourism (IFITT) (www.ifitt.org).

Primeiro motivo. As conferências de eTourism visam a proporcionar um fórum para a discussão, no âmbito internacional, das tendências atuais e futuras do setor. Para que haja relevância e sucesso, especialistas da academia e do setor devem olhar mais de perto os principais problemas gerados pelo turismo e as TICs (não só os aspectos positivos) e propor soluções novas e ousadas para as próximas gerações.

Segundo motivo. As conferências de eTourism representam uma oportunidade para o setor e a academia (finalmente) se unirem e colaborarem em maneiras de aprimorar as atuais ofertas de turismo nos destinos. Por um lado, os pesquisadores podem fornecer aos profissionais modelos valiosos para a interpretação de dados relacionados ao turismo e para o aprimoramento de serviços atuais e/ou futuros. Por outro, os atores do setor podem buscar consultoria no que tange a questões problemáticas e desafiadoras relacionadas a TICs, viagens e turismo.

Terceiro motivo. As conferências de eTourism constituem uma ótima oportunidade de apoiar questões relacionadas à sustentabilidade e à redução da pobreza. Como você já deve saber, a Organização das Nações Unidas (ONU) designou 2017 o Ano do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento (http://www2.unwto.org/tourism4development2017), um lembrete importante da necessidade de investir recursos (da academia e do setor) para encontrar e apresentar soluções inteligentes para problemas relacionados, por exemplo, à sustentabilidade cultural e ambiental.

Todos os três motivos acima potencializam a relação entre o setor e a academia. Dois mundos que, em vez de apenas olharem um para o outro, deveriam trocar ideias relevantes e implementar colaborações significativas respaldadas e enriquecidas pela existência das conferências de eTourism.

As opiniões expressas neste texto são do autor e não refletem, necessariamente, a posição da WTM Latin America.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.