Minas Gerais: um verdadeiro spa natural que oferece vida ao ar livre, aventuras, história a céu aberto e o sabor de uma das melhores gastronomias do país

Minas Gerais: um verdadeiro spa natural que oferece vida ao ar livre, aventuras, história a céu aberto e o sabor de uma das melhores gastronomias do país

A cerca de apenas uma hora de voo de cidades como Rio de Janeiro, Vitória, São Paulo, Brasília e Salvador, Minas Gerais – o quarto maior estado brasileiro em extensão e o segundo maior em população – é um destino de múltiplas possibilidades: são 853 municípios que reúnem história, cultura, patrimônio, belezas naturais, sabores e experiências incríveis que só o estado tem para oferecer. Sem falar da hospitalidade mineira, um adicional único que pode ser vivenciado em cada canto do estado.  

Pesquisa do Instituto Datafolha apontou Minas Gerais como melhor destino histórico no Brasil e melhor destino de natureza em 2019.  No mesmo ano, Belo Horizonte ganhou o título de Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco, inserindo o estado nesse seleto grupo internacional composto por 250 cidades espalhadas por todos os continentes.  

A economia criativa mineira e toda sua cadeia produtiva, que envolve inovação, cultura e empreendedorismo, ganharam ainda importante estímulo com o lançamento da Rede Cidades Criativas de Minas Gerais, também em 2019. Ainda em 2019, a Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (PNAD), do IBGE em parceria com o MTur, mostrou que Minas Gerais é o segundo destino turístico mais procurado no Brasil. 

O estado também se destaca na economia do Turismo. Minas Gerais foi o estado que mais cresceu no setor no ano passado, movimentando R$ 3,78 bilhões, segundo Pesquisa de Demanda realizada pelo Estado. O fluxo turístico em Minas também teve expressivos números em 2021, como movimentação de mais de 6 milhões de pessoas, garantindo números maiores inclusive que o período anterior à pandemia. 

A tradição, a cultura, a cozinha e o jeito único de seu povo fazem de Minas um dos dez destinos mais acolhedores do mundo, segundo o ranking global da premiação Travellers Review Awards 2021, da plataforma de reservas on-line Booking.com. Foi a primeira vez que uma localidade brasileira está presente na lista das Regiões Mais Acolhedoras no Mundo. 

De acordo com a mesma premiação da Booking.com, Minas Gerais também abriga três das 10 regiões mais acolhedoras do Brasil. Pela lista divulgada neste ano pela plataforma, Monte Verde, no Sul de Minas, aparece em segundo lugar. Já Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, na região central, está na sétima posição. Quem fecha o rol dos locais mais acolhedores do país, no 10º lugar, é a Serra do Cipó, compreendida pelo município de Santana do Riacho, também na região central de Minas Gerais. 

O que conhecer em Minas Gerais 

Com uma natureza exuberante, rico patrimônio histórico e cultural, e gastronomia singular, Minas é o destino certo para quem deseja renovar as energias, principalmente por oferecer uma infinidade de atividades ao ar livre. Uma delas é um momento de relaxamento em uma das várias estâncias hidromineiras mineiras, que são verdadeiros spas naturais: o poder medicinal das águas de Araxá, São Lourenço e Caxambu são os mais conhecidos.  

Se a opção for revigorar os ânimos em clima de muita adrenalina, que tal  se aventurar em trilhas nas mais lindas montanhas ou fazer rapel nas águas refrescantes de alguma das milhares de cachoeiras espalhadas por todo o estado?  

Minas abriga 17 parques naturais de destaque para a atividade turística, com relevantes recordes que oferecem verdadeiros espetáculos da natureza: terceiro, quarto e quinto maiores picos do Brasil, por ordem o Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó, a Pedra da Mina, em Passa Quatro, e o Pico das Agulhas Negras, no Parque Nacional do Itatiaia; possui também a terceira maior cachoeira do Brasil, Cachoeira do Tabuleiro, situada no Parque Natural Municipal do Tabuleiro,que é inserido no Parque Estadual Serra do Intendente; abriga o terceiro maior sistema de lagos do Brasil no Parque Estadual do Rio Doce e a maior estalactite do mundo, a Perna da Bailarina, no Parque Nacional Cavernas do Peruaçu.  

Da visita a uma fazenda produtora de cafés especiais ao vôo de balão pela Serra da Mantiqueira.  

Da calmaria do interior às atrações culturais da capital Belo Horizonte. Comer uma boa comida mineira em tradicionais bares e restaurantes a noite aos passeios aos ícones da arquitetura mundial, que vão desde as igrejas barrocas ao modernismo de Niemeyer. Minas é vivenciar história a céu aberto em cada uma das cidades seculares.  

Minas é o único estado brasileiro que possui quatro Patrimônios Culturais da Humanidade pela UNESCO: Conjunto Moderno da Pampulha, os centros históricos de Ouro Preto e Diamantina e o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas. 60% do patrimônio histórico nacional está no estado. Ouro Preto, Mariana, Tiradentes, São João Del Rei, Diamantina, Congonhas, Sabará, Serro, entre muitas outras. Passear pelas ruas dessas cidades é voltar no tempo ao apreciar relevantes obras da arquitetura barroca, como as de Aleijadinho e mestre Athayde 

Pra quem gosta de natureza e cultura, um atrativo mundialmente conhecido é o museu de arte contemporânea e jardim botânico Inhotim. Eleito uma das melhores atrações turísticas do Brasil por três anos seguidos, pela publicação brasileira “Guia 4 Rodas”, está localizado em Brumadinho, no Vale do Paraopeba, a apenas 51km da capital. Seu jardim botânico mescla paisagismo e preservação ambiental, foi indicado por uma revista inglesa como um dos 40 lugares mais fabulosos para se conhecer no mundo. 

Em Beagá, ou Belo Horizonte, são muitas as opções de espaços culturais, parques, restaurantes e botecos. Visitar o Mercado Central é parada obrigatória. Lá, o visitante pode experimentar o famoso fígado com jiló, queijos, cafés especiais, cachaças, além de muitas outras especialidades, que os mineiros fazem tão bem. No Circuito Liberdade, localizado na Praça da Liberdade, é possível visitar 15 espaços culturais, dentre museus e centros de cultura e formação, como o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB),o Memorial Minas Gerais, o Museu das Minas e do Metal, o Espaço do Conhecimento UFMG, a Casa FIAT de Cultura, o Centro de Arte Popular,o Museu Mineiro e BDMG Cultural, todos com exposições e programações especiais gratuitas. 

O Conjunto Moderno da Pampulha, obra-prima que leva a assinatura de Oscar Niemeyer, Roberto Burle Marx e Cândido Portinari, tornou-se, em julho de 2016, Patrimônio Cultural da Humanidade (Unesco). Inclui os edifícios e jardins da Igreja São Francisco de Assis, o Museu de Arte da Pampulha, a Casa do Baile e o Iate Tênis Clube, construídos quase simultaneamente entre 1942 e 1943, além do espelho d’água e da orla da Lagoa.  

E, por fim, a gastronomia. O prazer de vivenciar a riqueza de sabores é um sentimento que também atrai os turistas. O pão de queijo, o tropeiro, o frango ao molho pardo e os doces e quitandas já fizeram a sua fama. Maior produtor de cachaça artesanal do Brasil,tem a sua imagem atrelada à bebida tipicamente brasileira. As cervejas artesanais e azeites também têm ganhado visibilidade, vencendo concursos internacionais. Mas, a grande estrela da gastronomia mineira é, sem dúvida, o queijo. Medalha de Ouro e Super Ouro do Salão Internacional do Queijo da França, em 2017, levou ainda três medalhas de bronze e sete de prata. Ao todo, o Brasil levou 12 medalhas. Desde 2008, o modo típico de preparo dos queijos artesanais da região do Serro e da Serra da Canastra foi reconhecido como patrimônio cultural do Brasil, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).   

Agências e operadoras de receptivos locais  

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) articula e incentiva, por meio do Programa Minas Recebe, parcerias com agências e operadoras de receptivo locais. Um dos resultados desta ação são roteiros desenhados com o objetivo de tornar a experiência do turista mais proveitosa e cada vez mais segura.   

Acompanhe as novidades sobre nossos destinos em:  

www.minasgerais.com.br  

Blog Daqui de Minas: www.minasgerais.com.br/pt/blog  

@visiteminasgerais (Instagram e Facebook) 

 comercial@turismo.mg.gov.br 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.