América Latina se destaca na WTM Latin America Virtual

América Latina se destaca na WTM Latin America Virtual

Destinos e empresas privadas confirmam presença como expositores na edição de 2021

São Paulo, agosto de 2021– A América Latina marcará presença na WTM Latin America Virtual 2021. Destinos como Guatemala, Chile, Uruguai, Argentina, Colômbia, Barbados, Paraguai, República Dominicana, Panamá e Bolívia fazem parte da lista de confirmados no evento.

Para Corey Garrett, diretor do Caribe e América Latina na Barbados Tourism Marketing Inc. (BTMI), a participação do destino, que tem baixo risco de Covid-19 (com o mínimo de casos), no evento será de aprendizado e troca.

“Nosso principal objetivo na WTM Latin America é inspirar. Queremos continuar trabalhando com fornecedores do setor para avaliar o sentimento e o comportamento do viajante para melhor se adaptar e atender à mudança pós-pandemia. Também queremos ter certeza de ouvir os agentes de viagens e líderes do setor para ficar à frente das novas tendências de viagens e reunir ofertas de viagens atraentes”, destaca Garrett.

Uruguai, Argentina e Paraguai realizarão ainda um treinamento com agentes de viagem brasileiros para atualizá-los sobre as novidades dos destinos. O Chile contará com 45 coexpositores, e duas regiões com estandes próprios, como O’Higgins e a Región de Los Lagos.

A Colômbia disponibilizará uma capacitação gravada, que será incluída junto com a programação e será oferecida a todo público. Guatemala, por sua vez, tem como objetivo promover o turismo responsável, comercializar e consolidar o país através da imprensa, buyers e trade turístico, que buscam viver uma experiência única.

O Conselho de Turismo da Guatemala (INGUAT) tem trabalhado no Selo de Biossegurança Turística, que consiste numa certificação concedida a diferentes empresas turísticas, tais como: hotéis, operadores turísticos, transportes, guias turísticos, agências de viagens, escolas espanholas, marinas turísticas; entre outros, que aplicaram as Diretrizes de Boas Práticas para prevenção da COVID-19 e outras infecções.

Para Simon Mayle, diretor da WTM Latin America, ter essa representatividade em peso da América Latina é essencial. “A participação de todos esses países da América Latina resulta em diversidade no nosso evento e permite que os três dias de WTM Latin America sejam de muitas trocas, aprendizados e negócios”, comenta.

Muitos países da América Latina seguem fechados para turistas. Contudo, com o avanço da vacinação no mundo todo, alguns já se preparam para a reabertura das fronteiras e a participação na WTM Latin America Virtual faz parte das ações para se reposicionar no mercado.

“Queremos fazer parte da recuperação rápida e segura da indústria do turismo, todos os setores do turismo estão intimamente conectados e trabalhando juntos, promovendo e compartilhando os mesmos objetivos, poderemos nos recuperar mais rapidamente”, adiciona Garrett.

Além dos destinos, serviços turísticos como a Transturin, Geo Reisen, Hotéis Decameron, Hylink e Juniper também participam da feira, apresentando seus produtos aos agentes, operadores e visitantes.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.