WTM Latin America reúne 150 executivos e jornalistas em Lima e Quito

WTM Latin America reúne 150 executivos e jornalistas em Lima e Quito

Com apoio da PromPerú, WTM Latin America reforçou a importância da parceria com o destino

 

Dia 28 de novembro, a WTM Latin America promoveu um encontro de negócios entre 70 executivos, lideranças do trade turístico e formadores de opinião em Lima, no Peru. Entre os presentes, além de Luciane Leite, diretora da WTM Latin America, e Cláudia Delfino, executiva de vendas WTM, estavam a apoiadora do evento, Liz Chuecas do PromPerú (Comissão de Promoção do Peru), Ricardo Acosta, presidente da APAVIT (Associação Peruana de Agências de Viagens e Turismo), Claudia Acosta, Setor de Promocão Comercial da Embaixada do Brasil, Norma de Navarro, Gerente Geral do Comitê Descubra Brasil e Erica Ruyz, da Canatur (Câmara Nacional de Turismo do Peru).

De acordo com a Coordenadora do Departamento de Mercado Latino-americano da PromPerú, Liz Chuecas, “o encontro foi um sucesso. Agregar e capacitar os profissionais locais do turismo é uma ação fundamental para potencializar o networking e transações comerciais entre empresários.”

Quanto à participação na próxima edição da WTM Latin America, a executiva complementou que “além de novos contatos comerciais, buscamos encontrar novas oportunidades de promoção e fortalecimento do Peru como destino.”

Cláudia Delfino, Liz Chuecas e Luciane Leite

De acordo com José Luiz da Cunha, presidente do Comitê Descubra Brasil e do Convention and Visitor Bureau (CVB) do Peru, “foi uma boa oportunidade para o mercado local conhecer melhor a WTM e a importância de estarmos num evento B2B. Nosso país é um multidestino e temos muito a oferecer: negócios, aventura, gastronomia e luxo, por exemplo. Planejamos conquistar o coração de muitos visitantes brasileiros na próxima edição da WTM.”

Ricardo Acosta, CEO da Associação Peruana de Agências de Viagens e Turismo (APAVIT), reforça que este contato próximo com a WTM é extremamente importante para os agentes de viagens peruanos. “Ter a oportunidade de escutar uma explicação tão detalhada desperta o interesse nos agentes de viagens de integrar o evento – um encontro de excelência, com a alta qualidade das empresas participantes” reforça. “É necessário que as agências peruanas participem de um show deste nível, pois com o apoio da PromPerú temos a oportunidade de colocar o Peru aos olhos dos países visitantes.”

De acordo com Enrique Javier Quiñones, CEO da Apotur Peru “o mundo atual foi revolucionado pela internet, mas a proximidade, o contato e o conhecimento são de extrema importância. Por isso, este encontro com o mercado do Peru é uma iniciativa sábia. Os potenciais participantes do evento sentiram a relevância que a WTM Latin America lhes dá ao virem de São Paulo para explicar todos os benefícios que ela traz. Senti que foi uma maneira de transmitir que o Peru é importante para a WTM”, reforça.

Para Luciane esta foi uma excelente oportunidade para fortalecer a parceria com o país. “O Peru é um dos destinos mais importantes da América Latina, é importante estarmos sempre alinhados e compartilhando nossas novidades. Mesmo sendo nosso cliente desde a primeira edição da WTM Latin America, nossos encontros sempre rendem novas ideias”, compartilha a executiva.

Rumo ao Equador

No dia 30, a equipe WTM esteve em Quito, capital do Equador, onde também encontraram nomes de peso da indústria para outro café da manhã de relacionamento. Assim como no Peru, o encontro também teve apoio do Ministério do Turismo do país.

Aldo Luzi Cabella, Subsecretário de Mercados, Investimentos e Relações Internacionais do Ministério do Turismo do Equador, reforçou que “o encontro neste dia 30 – assim como o evento em 2018 – é muito importante porque marcam a retomada de nossos esforços para o fortalecimento de elos diplomáticos, turísticos e comerciais com nossos vizinhos. Estamos em constante busca por sinergia entre os países da América Latina”, complementa Cabella.

“Este momento é muito importante para aprofundar nossos laços com o Brasil. Nosso encontro com um nome tão forte da indústria latino-americana gerou muito interesse entre os agentes. Estou seguro que muitos já estão se programando para o evento do ano que vem”, disse Aldo Salvador, diretor executivo da Captur.

Cláudia Delfino, Aldo Salvador e Luciane Leite

Xavier Rueda reforçou a importância da participação do país em eventos focados em negócios. “A presença do Equador na WTM Latin America é de grande importancia para a retomada do mercado. Consideramos o Brasil um mercado estratégico que nos permite melhorar a relação com outros países expositores. Vamos mostrar que o Equador está pronto para receber turistas de todo o mundo.”

“Foi importante escutar o quanto cada país e expositor é importante para a WTM, tanto para o destino, como para o evento em si. O Equador pode atender muitos nichos: aventureiros, gastronómicos, ecológicos e queremos mostrá-lo ao mundo” – Richard Dávila, presidente da Associação Nacional de Operadores de Turismo Receptivo do Equador.

O fim do roadshow

“Com estes encontros no Peru e Equador, conseguimos alcançar mais de 150 influenciadores e tomadores de decisões da indústria, além de capacitar e envolver ainda mais parceiros e agentes locais. O Peru, que vem se destacando internacionalmente há anos, é expositor desde a primeira edição. O Equador, com sua riqueza de produtos naturais, históricos e culturais, expôs sua vontade de investir no mercado brasileiro e esperamos que estejam conosco em 2018. Estes são destinos ímpares e merecem uma atenção especial. Nossos objetivos aqui foram bem-sucedidos”, comemora a executiva.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.